Última hora

Última hora

Varsóvia quer que Moscovo esclareça tragédias de Katyn

Em leitura:

Varsóvia quer que Moscovo esclareça tragédias de Katyn

Tamanho do texto Aa Aa

Rússia e Polónia afirmam-se prontas a virar a página sobre as duas tragédias de Katyn, embora ainda de forma diferente.

Os presidentes dos dois países participaram esta segunda-feira, em Smolensk, numa cerimónia para homenagear os mortos do acidente aéreo que vitimou o presidente polaco Lech Kaczinki e 95 membros da sua comitiva.

Um ano depois, os polacos continuam à espera das conclusões da investigação ao acidente que excluiu qualquer responsabilidade das autoridades russas.

Para pôr fim às fricções diplomáticas, Dmitry Medvedev prometeu, “fazer tudo ao seu alcance para explicar as causas da tragédia e assegurar uma investigação credível”.

Bronislaw Komorowski confirmou, por seu lado, “o interesse dos dois governantes em concluir a investigação o mais rapidamente possível”.

Mas se para Medvedev é tempo de virar a página sobre as duas tragédias de Katyn, para Komorowski, é importante preservar a memória tanto do acidente, como do massacre de 4 mil soldados polacos em 1940, às mãos do exército vermelho.

Um monumento deverá substituir a placa na origem de uma nova polémica, depois de Moscovo ter apagado a designação de genocídio do monumento evocativo das duas tragédias.