Última hora

Última hora

Erdogan não poupa críticas a França

Em leitura:

Erdogan não poupa críticas a França

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro turco acusou o Governo francês de atentar contra a liberdade de culto ao proibir o uso do véu islâmico integral em espaços públicos.

Durante uma intervenção na Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa, Tayyip Erdogan não poupou esforços na resposta a uma deputada francesa sobre as minorias religiosas na Turquia: “Falam sem conhecer a situação. Em turco costumamos dizer ‘é francês’ para falar de alguém que não percebe nada de nada.”

O debate subiu de tom, o que surpreendeu alguns representantes franceses.

“A forma como ele desprezou a minha colega parlamentar francesa, que ousou pôr-lhe uma questão, tanto mais que é de origem turca, é desonesta. Mais desajeitada do que desonesta”, disse Jean-Claude Mignon, do Partido Popular Europeu.

O primeiro-ministro turco aproveitou para defender o processo de adesão do país à União Europeia, neste momento paralisado, sem deixar de criticar os países que usam o assunto como arma eleitoral.

Tayyip Erdogan não deixou de fora as acusações por falta de direitos e liberdades públicas na Turquia.

Audrey Tilve, Euronews: “Para por termo às críticas, Recep Tayyip Erdogan anunciou que um enviado especial do Conselho da Europa será enviado para a Turquia. Debruçar-se-á precisamente sobre a questão da liberdade de imprensa.”