Última hora

Última hora

Japão: progressos lentos em Fukushima

Em leitura:

Japão: progressos lentos em Fukushima

Tamanho do texto Aa Aa

No Japão, os avanços com vista à resolução da crise nuclear prosseguem a ritmo lento.

Os técnicos iniciaram esta quarta-feira a operação de esvaziamento de água altamente radioativa de um dos reatores danificados da central de Fukushima.

A operação é importante porque vai permitir a reparação do sistema de arrefecimento do reator.

Entretanto, num sinal de retorno à normalidade o aeroporto de Sendai no nordeste do Japão já está operacional.

Um voo comercial proveniente de Tóquio foi o primeiro a aterrar.

O avião transportou habitantes locais que se deslocam em auxílio às suas famílias e voluntários que vão participar nos esforços de limpeza e reconstrução.

A chegada do avião foi saudada com emoção pela população local.

“Sou psicóloga clínica e espero ajudar as pessoas daqui com problemas emocionais”, disse uma das passageiras.

“Acompanhei tudo pela televisão mas não me apercebi da escala até ver com os meus próprios olhos a partir do ar”, afirmou outra passageira.

O aeroporto foi devastado pelas águas na sequência do sismo e tsunami do dia 11 de março.

As águas invadiram a pista e os edifícios tendo chegado mesmo ao segundo andar do terminal.

As autoridades afirmam esperar que o aeroporto esteja totalmente operacional a partir de Setembro deste ano.