Última hora

Última hora

Rebeldes líbios resistem enquanto comunidade internacional se reúne

Em leitura:

Rebeldes líbios resistem enquanto comunidade internacional se reúne

Tamanho do texto Aa Aa

Rebeldes líbios conquistaram posições a 40 quilómetros da cidade estratégica de Ajdabiyah, terça-feira, depois de intensos combates com leais a Kadafi.

Ataques realizados pelas forças da NATO nos arredores de Ajdabiyah, no domingo, tinham ajudado a rechaçar o maior assalto das tropas de Kadafi na frente Este.

Ajdabiyah é ponto de passagem para Benghazi, na costa do Mediterrâneo, cidade controlada pelos rebeldes.

Terça-feira, pela ameaça que representavam para a população civil, aviões da NATO destruíram cinco tanques das tropas leais a Kadafi perto de Misrata, o último grande bastião dos rebeldes no oeste do país.

A Aliança Atlântica afirma ter meios suficientes para continuar a sua missão na Líbia e que o ritmo das missões aéreas não baixou.

França e Grã-Bretanha, depois da saída dos Estados Unidos, pressionam os outros países da NATO intervenientes na Líbia para intensificarem os seus esforços.

Hoje em Doha, Qatar, o orgão político da rebelião líbia (CNT – Conselho Nacional de Transiçao), que só é reconhecido pela França, Itália e Qatar, espera um reconhecimento internacional no decorrer da reunião do grupo de contacto sobre a Líbia, onde devem participar uma vintena de países e organizações regionais e internacionais.