Última hora

Última hora

Compensações financeiras para desalojados de Fukushima 

Em leitura:

Compensações financeiras para desalojados de Fukushima 

Tamanho do texto Aa Aa

São cada vez mais visíveis as consequências do desatre nuclear de Fukushima.
 
O perímetro de segurança obrigou ao desalojamento de muitas famílias que agora vão receber uma compensação financeira.
 
Cada família recebe um milhão de ienes, 8.300 euros, pagos pelo operador da central, a Tokyo Electric Power, cumprindo assim uma ordem governamental
 
O porta-voz da empresa garante que os pagamentos serão feitos de imediato:
 
“A Tokyo Electric Power Company vai pagar rapidamente e com caráter de urgência os montantes compensatórios para que as pessoas reponham as perdas sofridas com a evacuação”.
  
As populações vizinhas da central nuclear estão agora alojadas em casas pré-fabricadas, escolas e ginásios.
 
Na sua maioria, vivem a mais de 20 quilómetros de distância das suas antigas casas, duvidando que alguma vez lá voltem.
 
Ao todo, serão 48 mil famílias que ficaram desalojadas.
 
O drama começou a 11 de Março, com o sismo e o tsunami, a que se seguiu uma série de acidentes nucleares. Mas ninguém sabe quando vai acabar.