Última hora

Última hora

Partido no poder quer Putin na presidência em 2012

Em leitura:

Partido no poder quer Putin na presidência em 2012

Tamanho do texto Aa Aa

O partido no poder na Rússia quer que o primeiro-ministro Vladimir Putin regresse à presidência em 2012.

A intenção foi decretada por um alto responsável da formação Rússia Unida, Iuri Chuvalov. Uma declaração que parece pôr finalmente uma cara certa ao candidato do partido para as presidenciais do próximo ano.

Ainda assim, poucas horas antes, Putin mantinha uma posição cautelosa. O chefe do governo dizia que nem ele, nem Medvedev excluem uma candidatura. Putin sublinhou que “será uma decisão baseada na conjuntura social, económica e política do país. Mas é, obviamente, uma decisão que precisa de ser tomada”.

Oficialmente, tanto Putin como Dmitri Medvedev afirmam que não serão rivais nas próximas eleições.

Ainda assim, o chefe de Estado, dizia numa entrevista recente que “ninguém conhece o futuro”. Medvedev sublinhava que “como presidente atual, pensa na eventualidade” de se recandidatar, como é seu “dever”. Não exclui “a possibilidade de concorrer a um segundo mandato nas próximas eleições”. A decisão, garantia o presidente, deverá ser “tomada em breve”.

Medvedev sucedeu a Putin em 2008 e, desde então, tem governado em “duo” com o antecessor.

Mas a consistência do par governante tem mostrado recentemente algumas “brechas” que, a confirmar-se oficialmente a posição do partido, poderão cortar as aspirações de Medvedev.