Última hora

Última hora

Justiça italiana condena diretor do ThyssenKrupp

Em leitura:

Justiça italiana condena diretor do ThyssenKrupp

Tamanho do texto Aa Aa

Dezasseis anos e meio de prisão para o director do grupo alemão ThyssenKrupp em Itália, pela morte de sete trabalhadores num incêndio em 2007. Harald Espenhahn era acusado de “homicídio involuntário” porque, segundo a procuradoria de Turim, a empresa tinha conhecimento dos riscos de incêndio na fábrica de aço onde ocorreu a tragédia.