Última hora

Última hora

Extrema-direita regista subida histórica na Finlândia

Em leitura:

Extrema-direita regista subida histórica na Finlândia

Tamanho do texto Aa Aa

Os conservadores ganharam mas a extrema-direita registou uma subida meteórica na Finlândia. A Coligação Nacional venceu as eleições legislativas deste domingo com 20,4 por cento dos votos.

O líder dos conservadores e até agora ministro das Finanças da coligação governamental, Jyrki Katainen, prepara-se para ser o próximo primeiro-ministro e disse aos militantes que se fez história.

Mas quem teve um resultado histórico foi mesmo a extrema-direita. O partido dos Verdadeiros Finlandeses ficou a apenas um ponto percentual dos vencedores e foi a terceira força mais votada, atrás dos sociais-democratas que conseguiram 19,1 por cento dos votos.

O resultado é uma vitória pessoal para o líder dos Verdadeiros Finlandeses, Timo Soini, detentor de um discurso populista e eurocético. “Toda a gente diz que podemos integrar o governo. Isso não é o que se passa habitualmente na Europa, se se for etiquetado como um novo partido. Não somos extremistas, podem dormir descansados”, declarou.

O partido de centro-direita da primeira-ministra cessante, Mari Kiviniemi, ficou em quarto lugar, com 15,8 por cento dos votos. Apenas 30 por cento da população não foi às urnas.