Última hora

Última hora

Ciganos evacuados na Hungria

Em leitura:

Ciganos evacuados na Hungria

Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de mulheres e crianças ciganas foram evacuadas na Hungria por se temer que fossem atacadas por um grupo de extrema-direita.

A Força de Defesa, como é conhecida, instalou um campo de treino, próximo de uma localidade, maioritariamente cigana, a 90 quilómetros de Budapeste. Propõe-se realizar exercícios durante o fim de semana de Páscoa.

O grupo garantiu que não pretendia provocar os ciganos mas os antecedentes são conhecidos. Em Março, cerca de 2.000 homens deste movimento desfilaram, de uniforme militar, num bairro cigano.

Os grupos de vigilância, como este, que existem na Hungria, contam com o apoio do partido de extrema-direita Jobbik, que, nas últimas eleições, conseguiu 46 dos 386 lugares no parlamento.

Na Hungria os ciganos vivem à margem da sociedade. Não conseguiram integra-se, têm dificuldade em encontrar emprego e, muitas vezes, acabam por cometer delitos e na prisão.