Última hora

Última hora

Violência pode repetir-se na Síria

Em leitura:

Violência pode repetir-se na Síria

Tamanho do texto Aa Aa

Eperam-se novas ações violentas, este sábado, um pouco por toda a Siria, durante os funerais das vítimas da repressão de ontem.

Uma fonte das organizações de defesa dos direitos do homem diz que as cargas policiais de sexta-feira mataram 112 civis, números que divergem dos oficiais.

A televisão pública falou de apenas três mortos e 28 feridos.

As principais manifestações ocorreram nas cidades de Daraa e Damasco, a capital, e em duas cidades-satélite, Homs e Hama.

Terá sido nestes dois arredores que a violência policial teve maior expressão.

Fontes da opopsição dizem que os funerais deste sábado devem provocar novas manifestações e, como tem sido habitual, novas cargas policiais.

A França, entretanto, apelou ao presidente Bashar el-Assad para que inicie um processo de diálogo com os representantes da opsição, que ponha fim a esta vaga de violência.

Os acontecimentos de sexta-feira são já considerados os mais graves, desde do começo dos protestos, há um mês.

O regime remodelou o governo e levantou o estado de emergência que vigorava há meio século. Mas nada contribuiu para acalmar a situação.