Última hora

Última hora

Presidente do Iemen vai renunciar

Em leitura:

Presidente do Iemen vai renunciar

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente do Iemen está de saída, o que significa que a crise política deve estar a chegar ao fim.

Ali Abdalah Saleh concordou com a proposta do Conselho de Cooperação do Golfe e vai renunciar, abrindo caminho a uma nova solução política.

O seu partido já tinha aceite. Agora foi o próprio presidente, pela voz do ministro da Informação, que deu a conhecer a sua intenção de abandonar o poder:

“O presidente e o partido GPC concordam com esta iniciativa, em todos seus artigos, que estão de acordo com a Constituição da República de Yemen. O que significa que o presidente renunciará, nos termos do artigo 116, perante os membros do parlamento”.

O Conselho de Cooperação, composto pelas monarquias do Golfe e pelo Iemen, propõe a formação de um governo de união nacional e a transferência das competências presidenciais para o vice-presidente, durante os próximos 30 dias.

Findo este período, Saleh apresenta formalmente a sua demissão e serão então convocadas eleições presidenciais, para os 60 dias seguintes.

A oposição compromete-se a acabar com as manifestações, durante este período de transição.