Última hora

Última hora

Tony Blair sem convite para casamento real

Em leitura:

Tony Blair sem convite para casamento real

Tamanho do texto Aa Aa

A lista de 1900 convidados do casamento do príncipe Guilherme continua a fazer correr muita tinta no Reino Unido.

A cinco dias da boda, é a ausência de dois antigos primeiros-ministros britânicos, ambos trabalhistas, que suscita a polémica.

Nem Tony Blair nem o seu sucessor Gordon Brown fazem parte da lista de convidados, ao contrário dos anteriores chefes de governo conservadores, Margaret Thatcher e John Major.

A imprensa britânica não hesita em justificar a ausência com as difíceis relações no passado entre a casa real e os dois trabalhistas, em especial após a morte da princesa Diana.

Para o comentador Robert Jobson, não se trata de uma decisão política, mas de simples protocolo.

“O príncipe Guilherme não ocupa ainda um cargo elevado na hierarquia real que exija a presença de todos os dignitários políticos e os convites dirigem-se, antes de mais a pessoas próximas da família”.

Tony Blair e Gordon Brown ficam assim fora da fotografia de família, ao contrário do atual primeiro-ministro David Cameron.

Criticado pela imprensa britânica, também o príncipe herdeiro decidiu declinar o convite, oficialmente, para poder dedicar-se a solucionar a revolta popular que agita o seu país.