Última hora

Última hora

Quatro presidentes do Portugal democrático em sintonia

Em leitura:

Quatro presidentes do Portugal democrático em sintonia

Tamanho do texto Aa Aa

Trinta e sete anos após o fim da ditadura, e quando se atravessa a pior crise económica desde a revolução de 74, os quatro presidentes do Portugal democrático reuniram-se em Belém.

Dizem que “chegou a hora de todos assumirem as suas próprias responsabilidades” e não pouparam críticas – nem ao povo nem aos políticos.

“Os portugueses não se reveem num estilo agressivo de atuação política. Esta é uma prática de que temos que nos libertar como há 37 anos nos libertámos de um regime que nos oprimia”, afirmou o atual presidente da República.

Cavaco Silva exigiu ainda responsabilidade na campanha eleitoral; defendeu a necessidade de um governo com uma “maioria clara”; e, para já, pediu concertação – entre o ainda governo e a oposição – quanto às condições de assistência a um país à beira da bancarrota.