Última hora

Última hora

Chernobyl foi há 25 anos

Em leitura:

Chernobyl foi há 25 anos

Tamanho do texto Aa Aa

As badaladas de um sino assinalaram à uma da manhã e 23 minutos o exato momento em que se deu a tragédia nuclear de Chernobyl há 25 anos.

Coube ao patriarca Kirillda igreja ortodoxa russa presidir à cerimónia no distrito de Darnitsa em Kiev.

O patriarca vai marcar presença em várias cerimónias durante o dia, um gesto simbólico que aproximará as nações russas e ucraniana.

Quem também vai estar Ucrânia, é o presidente russo. Apesar das lições de Chernobyl e Fukushima e durante uma cerimónia de reconhecimento dos que batalharam para conter os efeitos da radioatividade, Dmitri Medvedev pediu ao mundo para não desistir da enérgica nuclear.

Referiu que a tecnologia nuclear lidera o mundo em termos de eficiência e segurança.

Tanto soviéticos, em 1986, como japoneses, hoje, têm sido muito criticados por terem restringido informação sobre os respetivos acidentes nucleares.