Última hora

Última hora

Governo nipónico descarta comparações entre Fukushima e Chernobyl

Em leitura:

Governo nipónico descarta comparações entre Fukushima e Chernobyl

Tamanho do texto Aa Aa

Dias difíceis para os habitantes da região de Fukushima.

É o que prevê um sobrevivente de Chernobyl que se deslocou ao Japão para assinalar os 25 anos do mais grave acidente atómico da história.

A Agência de Segurança Nuclear Japonesa elevou o acidente para o nível 7, ou seja, o mesmo do desastre soviético.

O executivo insiste que a situação é diferente:

“Conseguimos parar as explosões na central e creio que foram emitidas menos radiações do que em Chernobyl. Além disso, penso que há uma grande diferença na forma como lidámos com a situação” afirma um porta-voz do governo.

A forma como o executivo nipónico e a operadora da central de Fukushima lidaram com o problema foi muito criticada pelos japoneses.

A crise nuclear, dizem, foi subavaliada, as autoridades competentes levaram demasiado tempo a reagir e nem sempre falaram a verdade.