Última hora

Última hora

Sarkozy e Berlusconi reúnem-se com Tratado Schengen na agenda

Em leitura:

Sarkozy e Berlusconi reúnem-se com Tratado Schengen na agenda

Tamanho do texto Aa Aa

A crise provocada pelo grande afluxo de imigrantes do Norte de África vai dominar a 29ª cimeira franco-italiana, hoje, em Roma.

O presidente francês Nicolas Sarkozy e o primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi têm uma oportunidade para acalmar as relações tensas entre os dois países, que discordam sobre a aplicação do Tratado de Schengen. O braço-de-ferro entre as duas nações reflete-se em particular em Menton e em Ventimiglia, localidades situadas na fronteira franco-italiana.

França pretende rever as “cláusulas de salvaguarda” do acordo sobre a livre circulação de pessoas. Uma situação que permitirá ao país retomar o controlo das fronteiras, no caso de um grande afluxo de imigrantes ilegais.

Paris defende a manutenção do Tratado de Schengen, mas não concorda com as autorizações de residência temporária, concedidas por Roma a mais de 20 mil tunisinos