Última hora

Última hora

Irão exige que Sarah Shourd regresse ao país para ser julgada

Em leitura:

Irão exige que Sarah Shourd regresse ao país para ser julgada

Tamanho do texto Aa Aa

Libertada sob fiança em Setembro do ano passado, Sarah Shourd não vai regressar ao Irão para ser julgada por espionagem.

O advogado da norte-americana rejeitou qualquer possibilidade da sua cliente regressar ao país, apesar de Teerão ter exigido a sua presença na próxima audiência do processo marcada para 11 de Maio.

Os dois companheiros de Sarah, Joshua Fattal, um amigo e Shane Bauer, o namorado, vão voltar a comparecer sozinhos na terceira audiência de um julgamento contestado pelos Estados Unidos.

Os três norte-americanos incorrem na pena de morte depois de terem sido capturados no ano passado, alegadamente durante uma expedição numa zona montanhosa na fronteira entre o Irão e o Iraque.

Os tribunais iranianos afirmaram que, para já, vão reter a fiança de 500 mil dólares paga pela liberdade condicional de Sarah Shourd.