Última hora

Última hora

Sobe para 260 o número de mortos das intempéries nos Estados Unidos

Em leitura:

Sobe para 260 o número de mortos das intempéries nos Estados Unidos

Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de 260 pessoas morreram, vítimas dos tornados e da vaga de mau tempo que atravessa os Estados Unidos. E as autoridades receiam que este balanço continue a agravar-se.
 
Só no Estado do Alabama, um dos mais fustigados pelo tornado – e onde o presidente Barack Obama é aguardado esta sexta-feira – há a lamentar mais de 160 mortos. A cidade de Tuscaloosa, com mais de 83 mil habitantes, foi completamente devastada. Centenas de pessoas foram conduzidas aos hospitais. E estima-se que um milhão de casas esteja privado de eletricidade.
 
Ainda no Alabama, onde foi declarado o estado de emergência, a central nuclear de Browns Ferry foi encerrada e assim continuará até que as linhas de transmissão sejam reparadas – o que poderá levar vários dias ou mesmo semanas.
 
Mais de 160 tornados de forte potência semearam um rasto de destruição nos Estados Unidos. São os mais mortíferos dos últimos quarenta anos.
 
De um total de 50 estados, 21 foram afetados pelo temporal que deixou um rasto de mortes em, pelo menos, sete deles: o Alabama, mas também o Mississípi, a Geórgia, o Arkansas, o Tennessee, a Virgínia e a Luisiana.
 
Para esta sexta-feira estão previstas novas tempestades.