Última hora

Última hora

Rebeldes garantem ter porto de Misrata em segurança

Em leitura:

Rebeldes garantem ter porto de Misrata em segurança

Tamanho do texto Aa Aa

Um dia depois do bombardeamento das forças leais a Muammar Kadafi, os rebeldes líbios anunciaram ter garantido a segurança do porto líbio de Misrata.

Entretanto, a NATO prepara-se para instalar um representante em Benghazi – bastião dos insurgentes – para estabelecer contactos políticos com a oposição.

Os Estados Unidos consideram reconhecer o Conselho Nacional de Transição, mas têm cautelas.

“O reconhecimento tem a ver com obrigações legais e internacionais que ainda estamos a estudar, mas ainda não determinamos em concreto essa questão”, diz o embaixador norte-americano para a Líbia, Gene Cretz.

Entretanto o regime de Kadafi está a armar e a treinar a população civil. O objetivo será o de colocar as tribos líbias a defenderem um eventual ataque da NATO.

Este campo de treino situa-se a 85 quilómetros a sudeste de Tripoli.