Última hora

Última hora

Síria: oposição convoca novas manifestações

Em leitura:

Síria: oposição convoca novas manifestações

Tamanho do texto Aa Aa

Pela primeira vez desde o início da revolta popular na Síria, a Irmandade Muçulmana também apela às manifestações. O movimento, interdito no país, junta-se aos “jovens da revolução síria” que convocaram para hoje novos protestos, através da rede social Facebook.

O regime mantém-se inflexível, apesar da deserção de 200 elementos do partido Baas, no poder. O presidente Bashar al-Assad levantou o estado de emergência, em vigor há quase meio século, mas as autoridades advertiram as pessoas para não integrarem manifestações não autorizadas.

Na segunda-feira, os blindados entraram em Deraa, no sul, onde nasceu a contestação em meados de março. Cinquenta pessoas morreram nesta cidade, segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos. Desde o início dos protestos, a repressão fez pelo menos 500 mortos, segundo a mesma organização.

Esta sexta-feira, em Bruxelas, os embaixadores da União Europeia vão discutir a adoção de sanções contra o regime sírio.