Última hora

Última hora

Iémen: oposição cerra fileiras para arrancar Saleh do poder

Em leitura:

Iémen: oposição cerra fileiras para arrancar Saleh do poder

Tamanho do texto Aa Aa

A oposição iemenita promete intensificar os esforços para obrigar o presidente a abandonar o poder. Ontem, Ali Abdullah Saleh rejeitou assinar o acordo mediado pelos países do Conselho de Cooperação do Golfo. A assinatura formal estava marcada para hoje em Riade, na Arábia Saudita.

O acordo previa a demissão de Saleh no prazo de um mês e a convocação de eleições presidenciais 60 dias depois. A oposição ficaria encarregue de formar um governo de reconciliação.

Este sábado, nas ruas da capital, Sanaa, os manifestantes continuaram a reclamar a saída do presidente, no poder há quase 33 anos. Saleh tem sobrevivido aos protestos, que duram há três meses, e que resultaram em 145 mortos.

A oposição garante que está a estudar as opções e a aguardar uma posição dos Estados Unidos e da União Europeia face à rejeição do acordo pelo presidente iemenita.