Última hora

Última hora

Americanos celebraram nas ruas a morte de bin Laden

Em leitura:

Americanos celebraram nas ruas a morte de bin Laden

Tamanho do texto Aa Aa

Um dia histórico para os Estados Unidos. As celebrações americanas pela morte de bin Laden ocorreram durante a noite, sobretudo em Washington e Nova Iorque.

No ground zero, o local onde antes se erguiam as torres gémeas do World Trade Center, milhares de pessoas, sobretudo jovens, cantaram e gritaram palavras de ordem como “Obama apanhou Osama”, ou ainda: “Osama, arde no inferno”

No mesmo local, horas mais tarde, já durante a manhã, os familiares das vítimas do 11 de Setembro também quiseram assinalar o acontecimento, o dia em que a América fez justiça.

John Cartier que perdeu um irmão nos atentados diz que “saber que bin Laden está morto é um sentimento muito bom”. Porque, afirma, agora sabemos que nunca mais vai fazer mal a ninguém. Já não vai orquestrar ou perpetrar nenhum ato terrorista. E isso é reconfortante”.

Para os próximos das cerca de três mil vítimas do maior ataque terrorista em solo americano é o fim de uma longa espera que durou quase uma década.