Última hora

Última hora

Berlusconi ouvido pela justiça antes de ser ouvido pelos eleitores

Em leitura:

Berlusconi ouvido pela justiça antes de ser ouvido pelos eleitores

Tamanho do texto Aa Aa

Convocado mais uma vez pela justiça, é Silvio Berlusconi quem condena os juízes. O primeiro-ministro italiano assistiu a uma audiência preliminar em que é acusado de fraude fiscal e desvio de fundos.

Ao contrário do habitual, Il Cavaliere não teve uma multidão de apoiantes. Mas não se deu por vencido e disse que “uma democracia não caminha na boa direção quando o primeiro-ministro tem de se submeter à humilhação de passar horas no tribunal quando há acontecimentos internacionais muito mais importantes”.

Mas os problemas de Berlusconi com a justiça poderão refletir-se no resultado do voto das eleições municipais, dentro de duas semanas. As atenções estão, particularmente, viradas para Milão, onde uma antiga ministra do governo tenta conservar o posto de autarca.

O Tribunal de Milão está a ouvir Silvio Berlusconi no âmbito do processo Mediaset, uma das empresas do chefe de Governo, acusada de ter inflacionado a faturação de direitos televisivos. Uma operação que poderá ter permitido um desvio de 35 milhões de euros e uma evasão fiscal de oito milhões.