Última hora

Última hora

Em leitura:

França vence Estados Unidos em jogo de pintura


Cultura

França vence Estados Unidos em jogo de pintura

Foi uma batalha de arte entre pintores dos Estados Unidos e da França.

Os franceses, com a vantagem de jogarem em casa, no Forum des Halles, em Paris.

Três membros de cada equipa confrontaram-se, numa disputa artística que começou a 29 de Abril, perante a curiosidade de uma enorme multidão.

Os artistas que competiam tinham duas horas e meia para completar uma tela.

Os dois trabalhos foram depois sujeitos à votação do público.

Há quem diga que a competição chegou finalmente às artes plásticas.

Como diz um concorrente francês, os pintores aprenderam a trabalhar em equipa:

“Aqui a prioridade é a equipa. Três americanos de um lado e três franceses do outro e vamos tentar casar três estilos diferentes, três inspirações. Isto é muito duro, como se esperava. Para um pintor, a inspiração é o seu universo. Para mim, um pintor de arte é um filtro de emoções. Tudo o que vemos, tudo o que sentimos, tudo o que captamos, com imagens…é isso”.

Apesar de ser novo, como desporto, os concorrentes franceses estiveram sempre determinados, para este confronto com os americanos, mais experientes. Mas sentiram a responsabilidade de estar a jogar em casa, perante o seu público, em Paris, uma cidade com tradições na pintura.

Para os americanos, tudo não passou de um divertimento:

“Eu já estive aqui , diversas vezes, mas esta é a primeira, como pintor. Isto é um prazer muito especial. É uma honra estar aqui. E não senti que estivesse em competição. Estive aqui apenas para me divertir. É como um círculo do breakdance, a gente vai, mostra o nosso melhor e passa um bom bocado”.

No fim, apesar da sua inexperiência, a equipa francesa mostrou o seu valor, ganhou o confronto, o prémio ficou em casa, para orgulho de Monet.

Escolhas do editor

Artigo seguinte
As Ilhas Solovetsky

life

As Ilhas Solovetsky