Última hora

Última hora

A vida na casa de bin Laden

Em leitura:

A vida na casa de bin Laden

Tamanho do texto Aa Aa

Os vizinhos de bin Laden no Paquistão ainda não acreditam que o homem mais procurado do mundo vivia ali ao lado.

Mas, agora que todos sabem, muitos falam de movimentos suspeitos em torno da casa fortemente vigiada. E os que mais têm que contar são as crianças que brincavam nos terrenos à volta.

“Eu não os conheço. As mulheres e as crianças nunca sairam de casa e nunca se ouviu nenhum ruído vindo da casa, mas há pessoas que dizem que eles tinham duas vacas”.

Mas há quem tenha lá entrado e tenha mesmo trazido lembranças:

“Eu costumava lá ir. Ele tinha duas mulheres, uma falava árabe e outra urdu. Tinham três filhos, uma rapariga e dois rapazes e deram-me dois coelhos”.

Alguns acreditavam que o facto de a família nunca ser vista no exterior, estava relacionado com a possível origem pastun, já que as mulheres da etnia pastun são muitas vezes mantidas em casa.

O mais céticos ainda duvidam que bin Laden estivesse a viver em Abbottabad:

“Eu nunca vi aqui ninguém e não posso crer que Osama bin Laden vivia aqui. Não tenho a certeza a cem, mas a cento e dez por cento que isto é tudo uma encenação”.

Os militares americanos dizem que dentro da casa estavam, para além das quatro pessoas que foram mortas, mais nove mulheres e 23 crianças. O contacto com o exterior era feito por dois homens que se apresentavam como irmãos.