Última hora

Última hora

Netanyahu: Reconciliação palestiniana é "vitória para o terrorismo"

Em leitura:

Netanyahu: Reconciliação palestiniana é "vitória para o terrorismo"

Tamanho do texto Aa Aa

Enquanto em Gaza se festejava a reconciliação entre as fações rivais do Hamas e da Fatah, o Primeiro-Ministro israelita durante uma visita a Londres declarou que o acordo é “um duro golpe para a paz e uma grande vitória para o terrorismo”.

“Isto é um tremendo retrocesso para a paz e um grande avanço para o terror.

Os que nos querem eliminar e que usam o terror contra nós, não são nossos parceiros na paz”, declarou Benjamin Netanyahu

O presidente da Autoridade Palestiniana, Mahmud Abbas, e o líder do Hamas no exílio, Khaled Mechaal, concluíram quarta-feira no Cairo um acordo assinado na véspera apesar da oposição de Israel.

O documento prevê a formação de um governo de personalidades independentes para preparar eleições presidenciais e legislativas no prazo de um ano