Última hora

Última hora

Paquistão reconhece "insuficiências" de informação mas rejeita laços com Al Qaida

Em leitura:

Paquistão reconhece "insuficiências" de informação mas rejeita laços com Al Qaida

Tamanho do texto Aa Aa

O Paquistão reconhece “insuficiências” na recolha de informações sobre a presença e localização de Ossama bin Laden no país.

Mas o chefe do Exército paquistanês frisou que Islamabad irá rever a “cooperação” com Washington, se os Estados Unidos voltarem a conduzir uma ação que “viole a soberania do Paquistão”.

O ministro paquistanês dos Negócios Estrangeiros, Salman Bashir, considera que “é fácil dizer que os serviços secretos ou determinados elementos do governo conspiravam com a Al Qaida. Mas isso é uma hipótese e uma acusação falsa”.

As autoridades paquistanesas anunciaram um inquérito sobre as falhas nos serviços de informação depois de bin Laden ter sido encontrado a curta distância de Islamabad.

Um dos principais partidos islâmicos do Paquistão apelou a um protesto, esta sexta-feira, contra a operação norte-americana.