Última hora

Última hora

Reino Unido: Referendo é teste ao governo de coligação

Em leitura:

Reino Unido: Referendo é teste ao governo de coligação

Tamanho do texto Aa Aa

No Reino Unido realiza-se hoje um referendo que propõe a mudança do sistema de eleição da Câmara dos Comuns do modelo de maioria relativa para o modelo de “voto alternativo”.

Apesar de ser uma exigência dos Liberais Democratas para aceitarem formar um governo de coligação com o partido Conservador os dois partidos tomaram posições divergentes.

“Se querem algo que seja mais justo, melhor e faça os deputados de todos os partidos trabalhar mais pelos vossos votos, então devem votar sim”, disse o liberal Nick Clegg.

Contudo, o ministro dos Negócios Estrangeiros, defendeu o oposto do número dois do executivo:

“O voto alternativo significa que candidatos que fiquem em segundo lugar, podem ganhar. Mas, com o voto alternativo também os candidatos que fiquem em terceiro podem ganhar, e isso não é o que eu chamo democracia”, sublinhou William Hague.

Quanto ao partido trabalhista, surpreendentemente apoia o “sim”, que, segundo os analistas, vai dar mais hipóteses aos pequenos partidos de acederem ao parlamento, o que não é o caso do Labour.

Segundo sondagens, tudo parece indicar que a maioria dos britânicos vai votar “não”, rejeitando assim a reforma eleitoral. Resta saber qual será o futuro do governo de coligação depois do voto.