Última hora

Última hora

Greve da Função Pública em Portugal

Em leitura:

Greve da Função Pública em Portugal

Tamanho do texto Aa Aa

O Governo português e a Federação de Sindicatos da Função Pública travam a batalha dos números, em dia de greve no setor.

Ao final da manhã desta sexta-feira a sindicalista Ana Avoila falava numa adesão de 60 por cento, sendo o setor da saúde o mais afetado. O Governo avança que a paralisação se ficou abaixo dos 1,5 por cento.

A greve surge no rescaldo do anúncio do plano de resgate financeiro do país e apesar dos tempos de mais austeridade que ainda estão para vir, a descrença começa a tomar conta de muitos portugueses.

Congelamento dos salários e cortes nas pensões, despedimentos, privatizações, aumento de impostos, Lisboa vai por em marcha um pacote de medidas de austeridade para reembolsar os 78 mil milhões de euros que Bruxelas e o FMI vão emprestar ao país.

A CGTP prevê novas manifestações em Lisboa e no Porto, a 19 de Maio.