Última hora

Última hora

Juíza considera não ter havido negligência nos atentados de Londres

Em leitura:

Juíza considera não ter havido negligência nos atentados de Londres

Tamanho do texto Aa Aa

Não houve negligência nos atentados de 7 de Julho de 2005 em Londres. A conclusão é da juíza que dirigiu a investigação aos atentados atribuídos à Al-Qaida, que custou a vida a 52 pessoas.

A juíza Heather Hallet apresentou as conclusões aos sobreviventes e aos familiares das vítimas, que tinham considerado que os protocolos de emergência criaram obstáculos às operações de socorro e que os serviços de segurança poderiam ter evitado o atentado.

A magistrada referiu que não houve falhanços por parte que qualquer organização ou individuo que tivessem causado ou contribuído para as mortes.

Os atentados cometidos por Mohammed Sidique Khan, Shehzad Tanweer, Hasib Hussein e Jermaine Lindsay em três linhas do Metro e num autocarro foram os mais graves alguma vez ocorridos no Reino Unido.