Última hora

Última hora

Manifestações contra a morte de bin Laden

Em leitura:

Manifestações contra a morte de bin Laden

Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de pessoas manifestaram-se, esta sexta-feira, em Abbottabad, contra a intervenção militar norte-americana que levou à morte de Osama bin Laden.

Empunhando bandeiras do partido Jamat-e-Islami os manifestantes cantavam “Osama está vivo” e “queimem o parlamento americano”.

Um dos líderes explica que vieram para as ruas protestar contra a atitude dos governantes e contra o assalto e ataque à solidaridade e soberania do Paquistão”.

O Jamat-e-Islami convocou manifestações noutras cidades do Paquistão, mas a de Islamabad prevista para os arredores da mesquita vermelha viria a ser desconvocada.

A sexta-feira, dia santo para os muçulmanos, é muitas vezes aproveitada pelos grupos radicais para manifestações depois da oração.

Também a capital das Filipinas foi palco de uma manifestação. Dezenas de pessoas percorreram o quilómetro que separa a mesquita dourada da embaixada dos Estados Unidos, em Manila, gritando “Deus é Grande”.

Nos arredores da embaixada, um forte dispositivo de segurança impediu a progressão do protesto.