Última hora

Última hora

Protestos contra a morte de bin Laden em todo o mundo árabe

Em leitura:

Protestos contra a morte de bin Laden em todo o mundo árabe

Tamanho do texto Aa Aa

A partir de Abbottabad, as manifestações de protesto contra a morte de Osama bin Laden espanlharam-se um pouco por todo o mundo árabe.

No Paquistão, um dos maiores partidos islâmicos, o Jamat e Islami convocou manifestações em várias cidades para protestar ontra a violação da soberania do país pelas forças norte-americanas.

O sentimento anti-americano exarceba-se com esta operação, apesar da forte ajuda económica norte-americana ao Paquistão.

Na ilha de Java, na Indonésia, os manifestantes pediam vingança. Um grupo de cerca de 60 homens auto-denominado Al Kaida Solo promete desencadear ataques nos Estados Unidos.

Numa mesquita no Egito, os fiéis proferiram a oração dos ausentes, realizada num funeral sem a presença de corpo e depois da oração centenas de salafitas desafiaram as forças da ordem e tomaram as ruas em direção à embaixada dos Estados Unidos.

Também em Istambul, na Turquia, foi realizado um funeral simbólico a Osama bin Laden e algumas centenas de manifestantes gritaram nas ruas slogans anti-americanos.