Última hora

Última hora

Eleições municipais na Albânia sob forte tensão

Em leitura:

Eleições municipais na Albânia sob forte tensão

Tamanho do texto Aa Aa

Mais de três milhões de albaneses são chamados às urnas este domingo num clima de forte tensão.

As eleições municipais são um teste para a futura integração do país na União Europeia e por conseguinte para todos os partidos políticos, sobretudo para o governo do primeiro-ministro Sali Berisha.

As últimas eleições legislativas, realizadas em junho de 2009, mergulharam o país na mais longa crise política dos últimos 20 anos.

Na altura, a oposição liderada pelo presidente da Câmara de Tirana, Edi Rama contestou os resultados e exigiu a recontagem dos votos, o que não aconteceu.

Nestas municipais, o líder da oposição e candidato à sua sucessão vai defrontar o antigo ministro do Interior.

Enisa é estudante e afirma que não está “muito interessada em eleições, mas do que posso ver nos meios de comunicação a situação parece estar muito tensa. Espero que estas eleições sejam calmas e que respeitem os padrões europeus.”

O ponto culminante da tensão existente entre o poder e a oposição foi uma manifestação antigovernamental no dia 21 de Janeiro que fez quatro mortos.

No decorrer da campanha eleitoral para as municipais, as autoridades detiveram mais de dez pessoas responsáveis por incidentes como agressões e ameaças a candidatos e três ataques à bomba.