Última hora

Última hora

Síria: agência oficial anuncia morte de dez trabalhadores em emboscada

Em leitura:

Síria: agência oficial anuncia morte de dez trabalhadores em emboscada

Tamanho do texto Aa Aa

Dez trabalhadores sírios que regressavam do Líbano foram mortos numa emboscada nos arredores da cidade de Homs, no oeste do país.

Segundo a agência oficial Sana, o ataque foi obra de um “gangue armado”, termo usado pelas autoridades sírias para classificar aqueles que contestam o regime do presidente Bashar Al-Assad.

A autoria da emboscada é posta em causa por defensores dos direitos humanos, que destacam a forte presença militar e policial nos arredores de Homs.

Várias partes desta cidade e de outras localidades a sul foram invadidas por soldados e tanques, numa campanha para reprimir a contestação contra o regime.

Testemunhas falam de um número indeterminado de mortes em Homs, incluindo pelo menos uma criança.

As autoridades sírias atribuem a responsabilidade da violência que agita o país há sete semanas a “grupos armados” apoiados por potências estrangeiras.

Uma testemunha disse que as forças de segurança mataram dois manifestantes não armados ao abrirem fogo sobre uma manifestação em Deir al Zor. A cidade petrolífera do leste da Síria tem assistido a protestos diários desde a morte de quatro ativistas pró-democracia na sexta-feira.