Última hora

Última hora

Profecia: Roma entre o medo e a descrença

Em leitura:

Profecia: Roma entre o medo e a descrença

Tamanho do texto Aa Aa

Para já são apenas profecias, mas em Roma muitos admitem não trabalhar esta quarta-feira.

Há mais de três décadas, o sismólogo Raffaele Bendandi previu que a cidade italiana iria ser sacudida por um violento sismo no dia 11 de Maio.

Pelo sim, pelo não há quem prefira deixar a cidade. Os que ficam agarram-se à religião:

“Creio que é impossível prever um sismo como este. Eu não acredito, mas quem sabe” refere uma mulher

“Em Roma temos o Papa e, enquanto, assim for nada nos vai acontecer” adianta um homem.

Bendandi acreditava a força resultante do alinhamento dos planetas estava na origem dos tremores de terra. Uma teoria contestada por vários especialistas:

“Um determinado alinhamento planetário não aumenta o risco de haver um terramoto. O dia 11 de março é, apenas, um das muitas datas em que são anunciadas catástrofes” afirma o sismólogo, Alessandro Amato.

Na mémória dos italianos está, ainda, bem presente o tremor de terra que em 2009 abalou a cidade de L’Aquila e que provocou mais de 300 mortos.