Última hora

Última hora

Exército deita mãos ao lixo de Nápoles

Em leitura:

Exército deita mãos ao lixo de Nápoles

Tamanho do texto Aa Aa

O exército italiano está desde hoje a limpar as ruas de Nápoles, invadidas de novo por toneladas de lixo. Os bombeiros foram obrigados a intervir em cerca de 40 incêndios durante a noite passada.

160 homens armados de escavadoras foram enviados pelo governo central para libertarem a cidade de uma praga que já começou em 2007.

Mas os napolitanos sabem que esta não é a solução: “Não vejo como é que 160 soldados podem resolver o problema. Porque o problema real é onde colocar o lixo. Se não há lixeiras vamos ter que viver com o lixo”, lamenta-se um residente.

Este é um problema de saúde pública na Sicilia. Mas a chegada dos militares é criticada por muitos napolitanos e também pelas autoridades locais:

“fazer isto durante a campanha eleitoral faz ainda menos sentido e é menos eficaz”.

Na verdade, as eleições locais estão marcadas para 15 e 16 de Maio e Sílvio Berlusconi prometeu visitar a cidade na próxima sexta-feira.

No final do ano, a União Europeia ameaçou a Itália de sanções financeiras e o chefe do governo comprometeu-se a encontrar soluções.

Mas é preciso construir centros de tratamento e incineração e isso pode levar ainda três anos.