Última hora

Última hora

PM grego confiante na saída da crise

Em leitura:

PM grego confiante na saída da crise

Tamanho do texto Aa Aa

A Grécia prossegue no meio da tormenta. Os mercados financeiros continuam a desconfiar da capacidade do país em enfrentar os seus compromissos financeiros. As autoridades de Atenas negam que o país precise de um novo pacote de ajuda.

O primeiro-ministro grego, George Papandreou, foi perentório esta terça-feira: “Nós podemos garantir que vamos sair desta crise mas também que vamos ter uma economia viável, um desenvolvimento viável, uma Grécia com uma sociedade justa, uma Grécia que se pode apoiar nas suas próprias forças e confiante nas suas capacidades.”

Declarações proferidas no mesmo dia em que chegou ao país uma delegação do Banco Central Europeu, do FMI e da Comissão Europeia, para inspecionar a aplicação do pacote de ajuda internacional.

As previsões para 2011 apontam para uma dívida pública a rondar os 152 por cento do PIB e para um défice da ordem dos 7,4 por cento. Números que levam ao descrédito do país nos mercados financeiros, como revelam as notações das principais agências de notação que apostam numa reestruturação da dívida grega.