Última hora

Última hora

Euronews acompanha entrada dos rebeldes no aeroporto de Misrata

Em leitura:

Euronews acompanha entrada dos rebeldes no aeroporto de Misrata

Tamanho do texto Aa Aa

O enviado da euronews, Alberto Arce, acompanhou a entrada dos rebeldes líbios no aeroporto de Misrata, após várias horas de combates.

“Estamos a entrar na instalação acompanhados por uma brigada de desminagem, como podem ver estamos no aeroporto e não há nenhum soldado de Kaddafi por perto”.

Os rebeldes líbios ganham assim terreno na cidade sitiada há mais de três meses pelas forças de Kaddafi.

Os combatentes avançam agora para Oeste, em direção da cidade de Zintlan de onde as tropas de Kaddafi dirigem os ataques contra Misrata.

Os rebeldes aguardam que os bombardeamentos da NATO possam abrir caminho a uma nova frente de batalha, depois dos caças da aliança terem visado ontem a cidade de Sirte, a terra-natal de Kaddafi.

“Dêem-nos as armas para que possamos combatê-los com as próprias mãos”, afirma um rebelde, “nós podemos fazê-lo se nos derem armas”.

Um relatório divulgado hoje, calcula em mais de mil os mortos em Misrata desde o início dos combates, apontando para 4 mil feridos e mais de dois mil civis raptados por mercenários.

O secretário-geral da NATO viaja esta sexta-feira a Washington para fazer o ponto da situação da ofensiva aérea. A Casa Branca não descarta a possibilidade de reforçar as sanções contra o regime líbio.