Última hora

Última hora

FMI e UE pressionam Grécia

Em leitura:

FMI e UE pressionam Grécia

Tamanho do texto Aa Aa

Os inspetores da União Europeia e do Fundo Monetário Internacional chegaram a Atenas, esta quarta-feira com o objetivo de pressionar a Grécia a equilibrar as finanças públicas.

O relatório dos inspetores vai determinar se o plano de resgate da Grécia, de 110 mil milhões de euros, aprovado há um ano, será ou não revisto.

Segundo o economista Vagelis Agapitos, “os próximos meses serão cruciais. É necessário apanhar o ritmo e apresentar resultados concretos que demonstrem o seu compromisso em cumprir as metas que constam do acordo com o FMI e com a União Europeia”.

Espera-se que a economia este ano contraia 3 pontos percentuais. O governo grego prevê reduzir o défice para 7,4 por cento do Produto Interno Bruto. A taxa de desemprego atingiu, em janeiro deste ano, os 15,1 por cento.

Um ano depois do acordo entre a UE e o FMI os credores estão convencidos de que o socorro à Grécia, não foi suficiente…

Os ministros das finanças da Zona Euro reúnem-se na próxima segunda-feira e um dos temas a discutir será a situação grega.