Última hora

Última hora

Líbia: UE abre escritório em Bengasi

Em leitura:

Líbia: UE abre escritório em Bengasi

Tamanho do texto Aa Aa

No bastião dos rebeldes líbios, festejou-se a decisão de a União Europeia abrir um escritório em Bengasi, para dar apoio à oposição ao regime de Muammar Kadhafi.

Catherine Ashton anunciou e justificou esta quarta-feira a decisão:

“É para apoiar a sociedade civil, o Conselho Nacional de Transição líbio e o sr. Jabril – tivemos muitos encontros com ele, apoiar as reformas do setor da segurança, para ajudar naquilo que o povo nos pediu ajuda”, disse a chefe da diplomacia europeia.

A França e a Itália foram os primeiros a reconhecer o Conselho Nacional de Transição como representante legítimo do povo líbio por oposição ao regime de Muammar Kadhafi no poder há 41 anos.

O anúncio europeu é feito numa altura em que o dirigente do CNT, Mahmud Jabril, está em Washington para encontros com vários responsáveis americanos.

A chefe da diplomacia europeia explicou ainda que se trata de apoiar a reforma do setor da segurança e de encaminhar ajuda em matéria de saúde, educação e segurança das fronteiras.