Última hora

Última hora

FMI prevê crescimento na Zona Euro

Em leitura:

FMI prevê crescimento na Zona Euro

Tamanho do texto Aa Aa

O Fundo Monetário Internacional apresentou esta quinta-feira, na sede do Banco Central Europeu o “Regional Economic Outlook for Europe.”
 
Em plena crise económica que atravessa a Europa, com países como a Grécia, Irlanda e Portugal a colocarem a Zona Euro sobre pressão, o FMI está otimista.
 
Segundo este “Regional Economic Outlook” os países da Zona Euro vão crescer 1,6 por cento em 2011 e 1,8 em 2012.
 
Quanto à economia dos Estados Unidos, o FMI prevê que cresça 2,8 por cento este ano e 2,9 por cento em 2012.
 
Já para o Japão, prevê um aumento de 1,4 por cento em 2011 e 2,1 no próximo ano.
  
O diretor do Departamento Europeu, António Borges mostrou-se otimista em relação ao futuro. “Estamos muito contentes ao vermos que a Europa está a crescer. Há um crescimento generalizado. Não é extraordinariamente rápido, mas é sólido. Claro que existem problemas, e todos sabemos disso, em alguns dos países da periferia, mas acreditamos que a Grécia está a ir na direção certa de maneira a ter uma dívida sustentável.”
 
Para a União Europeia o FMI prevê um crescimento de 1,8 por cento este ano e 2,1 em 2012.
 
Quanto aos países em apuros, as previsões apontam que a economia grega recue 3 por cento este ano e a portuguesa contraia 1,5 por cento. Quanto às economias irlandesa e espanhola, prevê-se um crescimento em ambas: meio ponto percentual para a economia da Irlanda e 0,8 por cento para a economia espanhola.