Última hora

Última hora

Nato volta a bombardear Tripoli

Em leitura:

Nato volta a bombardear Tripoli

Tamanho do texto Aa Aa

As esquadrilhas na Nato bombarderam, de novo, a zona residencial de Tripoli, onde habita o lider líbio, Mouhmar Kadafi.

A ofensiva dos aviões começou depois daquela que se pensa ter sido a primeira aparição televisiva do coronel Kadafi, desde 30 de Abril

Nessa data, uma outra ofensiva da Nato matou o filho mais novo de Kadafi e três dos seus netos.

Chegou a especular-se sobre a sorte do lider que, nunca mais foi visto em público.

O ataque desta quinta-feira fez, segundo as autoridades de Tripoli,três mortos e 25 feridos.

Na cidade de Misrata, permanece a tensão e as forças da oposição descobriram um tanque do exército, escondido, que alegadamente, é usado em missões selectivas. Sobretudo, durante a noite, como diz um membro das milícias rebeldes:

“As forças de Kadafi mantêm no interior deste hangar, um tanque, para responder aos ataques aéreos da Nato. Eles não o usam sempre, apenas, em algumas situações, à noite. E agora deitaram-lhe fogo”.

O governo de Tripoli acusa a Nato de estar a instigar as populações a abandonar as cidades, com a ameaça de que as vai bombardear.

Isso já se terá passado nos arredores da capital, onde a população será maioritariamente, apoiante do regime.

A Nato diz apenas que as zonas bombardeadas têm bunkers que fazem parte do plano de contingência e de defesa do coronel, Kadafi.