Última hora

Última hora

Paquistão: talibãs vingam morte de Bin Laden

Em leitura:

Paquistão: talibãs vingam morte de Bin Laden

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 70 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas num duplo atentado à bomba no noroeste do Paquistão. O ataque foi reivindicado pelos talibãs como “primeiro ato de vingança” pela morte de Bin Laden.

O alvo foi um centro de treino da polícia das fronteiras, no distrito de Charsadda. Os recrutas dirigiam-se para os autocarros para dez dias de folgas.

Trata-se do atentado mais sangrento deste ano no Paquistão e acontece onze dias depois de Osama Bin Laden ter sido morto por forças especiais americanas no norte do país. Os talibãs tinham prometido vingar-se do governo e das forças de segurança paquistanesas que consideram cúmplices de Washington.

Região de frequentes atentados, Charsadda fica junto às zonas tribais na fronteira com o Afeganistão, um bastião dos talibãs paquistaneses, que juraram fidelidade à Al-Qaeda em 2007.

Nos últimos três anos e meio, mais de 450 atentados mataram 4300 pessoas em todo o país.