Última hora

Última hora

Chefe da diplomacia egípcia é novo secretário-geral da Liga Árabe

Em leitura:

Chefe da diplomacia egípcia é novo secretário-geral da Liga Árabe

Tamanho do texto Aa Aa

O chefe da diplomacia egípcia, Nabil al-Arabi, sucede a Amr Moussa como secretário-geral da Liga Árabe.

O ministro dos Negócios Estrangeiros do Egito foi eleito por unanimidade e ovacionado na sede da organização no Cairo.

A candidatura foi anunciada à última hora este domingo, depois do Egito retirar da mesa o nome de Mustapha el-Feqi, um diplomata controverso próximo do ex-presidente Hosni Mubarak.

Pouco depois de ser eleito, Arabi disse que “a ação conjunta do mundo árabe atravessa crises sérias e é preciso unir esforços para procurar soluções que elevem o estatuto dos Estados árabes e permitam alcançar as exigências dos seus povos”.

Arabi assume o cargo em pleno clima de contestação na região. A Liga Árabe excluiu a Líbia dos trabalhos, mas tem mantido silêncio face à crise síria.

O correspondente da euronews, Mohamed Elhamy, frisa que “são muitas as responsabilidades que aguardam o novo secretário-geral da Liga Árabe, sobretudo a fase crítica que enfrenta atualmente a região e que levanta questões sobre o papel da organização e a sua eficácia no período que se avizinha”.