Última hora

Última hora

Polícia queniana investiga morte do maratonista Wanjiru

Em leitura:

Polícia queniana investiga morte do maratonista Wanjiru

Tamanho do texto Aa Aa

Desconhece-se a verdadeira causa da morte de Samuel Wanjiru. O campeão olímpico em título da maratona foi encontrado morto, na noite de domingo para segunda-feira, na sua casa, no Quénia, após uma queda de uma varanda.

Wanjiru e a mulher terão tido uma briga conjugal antes da queda. Para já, a polícia local não avança qualquer hipótese sobre o caráter acidental ou não da queda. “Samuel Kamau Wanjiru saltou, enraivecido, do primeiro andar de casa e ficou gravemente ferido. Foi rapidamente levado para o hospital, onde os médicos tentaram reanimá-lo, mas infelizmente morreu”, explicou Jaspher Ombati, chefe da polícia de Nyandarua, a cidade onde Wanjiru morava.

Em Dezembro último, o maratonista, de 24 anos, tinha sido acusado, pela mulher, de ameaças de morte e de detenção ilegal de posse de arma. Entretanto, a mulher retirou a queixa e o casal parecia ter-se reconciliado.

Segundo a polícia queniana, na origem da nova disputa conjugal está o facto de que a mulher de Wanjiru o terá encontrado em casa, na companhia de outra mulher. Ambas as mulheres foram interrogadas pelas autoridades.