Última hora

Em leitura:

Belgas tentam um derradeiro compromisso


Bélgica

Belgas tentam um derradeiro compromisso

O rei Alberto II, da Bélgica, indigitou o líder dos socialistas francófonos, Élio de Rupo, a formar governo. Há mais de um ano que a Bélgica tenta formar um executivo, a partir de um parlamento pulverizado em muito partidos e duas comunidades com antagonismos históricos, culturais e políticos.

Se Élio di Rupo conseguir aliar as formas divergentes e formar governo será o primeiro ministro valão, em 32 anos.

“Para nos dar coletivamente uma oportunidade de conseguirmos, penso que devemos todos fazer o esforço de participiar nesta missão com a determinação do primeiro dia e ousar um compromisso, o compromisso da última oportunidade”.

O Partido Socialista Frankófono foi o mais votado em Bruxelas e na metada valónica. Mas mesmo assim ficou atrás dos independentistas da Flandres, de Bart de Wever.

Élio di Rupo tem 60 anos, já foi ministro das Finanças mas acabou por se demitir, abrindo uma crise na coligação governamental.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Rebeldes irlandeses homenageados por Isabel II