Última hora

Última hora

Itália: Berlusconi sofre golpe duro nas municipais e pode mesmo perder Milão

Em leitura:

Itália: Berlusconi sofre golpe duro nas municipais e pode mesmo perder Milão

Tamanho do texto Aa Aa

A esquerda italiana já canta vitória e Silvio Berlusconi tem razões para estar preocupado face aos resultados das eleições municipais.

Pela primeira vez em quinze anos, a direita é forçada a uma segunda volta em Milão. No escrutínio de domingo e segunda-feira, o candidato da esquerda, Giuliano Pisapia, conquistou cerca de 48 por cento dos votos, com uma vantagem de quase sete pontos sobre a presidente da Câmara, Letizia Moratti.

O primeiro-ministro sublinhou, antes do voto, que é “impensável” perder Milão, bastião de Berlusconi que oferece agora vantagem à esquerda para a segunda volta, a 29 e 30 de Maio.

Em Turim, o candidato da esquerda Piero Fassino obteve uma vitória clara à primeira volta. O Partido Democrático assegurou também a manutenção do seu bastião de Bolonha.

Nápoles foi a única das grandes cidades a cair nas mãos do Povo da Liberdade de Berlusconi.

Assolada pela enésima crise do lixo, a cidade controlada pela esquerda oferece agora a vantagem à direita, embora sem evitar a segunda volta.