Última hora

Última hora

Grécia: "Reestruturar a dívida seria catastrófico"

Em leitura:

Grécia: "Reestruturar a dívida seria catastrófico"

Tamanho do texto Aa Aa

Se a Grécia cumprir o programa de austeridade que está a se vigiado internacionalmente, a sustentabilidade da dívida do país “está assegurada”. Esta é a opinião do economista-chefe do Banco Central Europeu.

Juergen Stark, numa conferência de imprensa, na Grécia, afirmou que reestruturar a dívida do país seria catastrófico. “É uma ilusão acreditar que uma reestruturação da dívida ajudaria a resolver os problemas que este país enfrenta. A reestruturação da dívida acabaria com parte ou a totalidade do capital dos bancos gregos. Portanto, esta seria a receita para a catástrofe.”

O governo grego foi avisado esta semana, pela União Europeia que devia adotar medidas urgentes para cumprir os objetivos do programa de austeridade.

A Grécia continua fora dos mercados de obrigações por causa da elevada taxa exigida pelos investidores. A dívida do país deve atingir 150 por cento do PIB este ano.