Última hora

Em leitura:

Barack Obama definiu estratégia para o mundo árabe


EUA

Barack Obama definiu estratégia para o mundo árabe

No aguardado discurso dobre o mundo árabe, Barack Obama estabeleceu parâmetros para um acordo entre palestinianos e Israel e deixou claro que o compromisso dos Estados Unidos com a segurança de Israel é inabalável.

Quanto à situação na Síria foi bem claro:

“Os Estados Unidos opõem-se ao uso da violência e da opressão contra o povo da região.

O presidente Assad pode escolher: Ou dirige a transição ou afasta-se.

O governo sírio tem de deixar de disparar contra manifestantes e permitir manifestações pacíficas.

O apoio da América à democracia será baseado no assegurar a estabilidade financeira, na promoção de reformas, e na integração de mercados competitivos na economia global.

Vamos começar com a Tunísia e o Egito”, sublinhou o presidente dos Estados Unidos.

Barack Obama exigiu também a libertação dos presos políticos e o acesso de grupos de defesa dos direitos humanos “a cidades como Deraa”, um dos bastiões da contestação.

O presidente norte-americano acusou também a Síria de “seguir o seu aliado iraniano” e de ter a sua ajuda na repressão.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Legado de Strauss-Khan ao FMI