Última hora

Última hora

Bin Laden quer revolução, com "permissão de Allah"

Em leitura:

Bin Laden quer revolução, com "permissão de Allah"

Tamanho do texto Aa Aa

Bin Landen deixou uma mensagem audio, postumamente divulgada, esta quarta-feira, num site afeto à Al Qaeda.
 

Na mensagem, bin Laden exorta os egípcios e os tunisinos a prosseguirem as suas revoluções.
 

Defende a formação de um “conselho que possa divulgar os procedimentos revolucionários e decidir o melhor momento para espalhar a revolta, no mundo muçulmano”
 

“Todo o atraso  -  diz ainda bin Laden  -  pode provocar a perda desta oportunidade. Penso que os ventos da mudança vão soprar sobre o conjunto do mundo muçulmano, com a permissão de Allah”.

 
Uma oportunidade para que o mundo islâmico “se liberte da lei dos homens e da dominação ocidental”.
 

A mensagem, gravada uma semana antes da  morte, foi divulgada pouco depois de ser revelada a notícia da sua substituição à frente da Al Qaeda.
 

A partir de agora, a organização será dirigida pelo egípcio, Saif al-Adel que integrou as tropas de elite do seu país.
 

Esta escolha pode ser apenas um teste, para se perceber se a Al Qaeda está disposta a ser comandada por um homem que não provém da península arábica.
 

Se o resultado for positivo, é bem natural que, no futuro, o lider venha a ser  outro egípcio, o médico al-Zawahiri.